Plano de Retomada Econômica encaminha primeiras ações práticas em reunião de 5 horas em Maringá

, , Leave a comment

A Força Tarefa do Plano de Retomada do Desenvolvimento Econômico e Social de Maringá definiu ontem, 3, as primeiras ações práticas em 18 situações para recuperação da economia durante pandemia do coronavírus. “Criamos um ambiente para fazermos novos negócios”, considerou secretário da Fazenda, Orlando Chiqueto, ao fim da reunião que durou 5 horas na Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim). “Agora começamos um novo trabalho para colocar toda a pesquisa e os dados em prática”.

Avaliação online na semana passada apontou 14 impactos urgentíssimos e 11 muito urgentes, dos 92 impactos registrados durante pesquisa anterior com segmentos econômicos locais. Logo no começo da reunião de ontem ficou definido que dos 25 impactos mais graves, total de 18 situações receberão as primeiras ações a serem aplicadas num curto prazo até dezembro desse ano.

Das 18 propostas de ação, três receberão foco especial com encaminhamentos para seus respectivos setores: Turismo, Economia criativa e Necessidade de Assistência Social. Entre as propostas estão Saúde Financeira, Dependência Tecnológica, Redução do Consumo, Ensino, Queda de Investimentos, Acesso ao Crédito, Contas Públicas, Oferta de Trabalho / Desemprego, Redução do Faturamento do Comércio, entre outros.

Propostas encaminhadas são cursos, inclusão digital, banco de dados de empresas locais, estimular compra local, apps para compra e delivery, atrair investidores, campanha de divulgação de linhas de crédito, rodadas de negócios, empreendedor autônomo, calendário de eventos online, entre outros. Cada proposta já tem direcionamento para quem vai articular a aplicação com o segmento.
Plano de Retomada começou em junho. Objetivo é apoiar economicamente Maringá durante crise do coronavírus. Como geração de empregos, novos investimentos, arrecadação de impostos, capacitação, documentação, leis, benefícios, créditos, entre outras situações para impulsionar o ciclo econômico.

Participaram da reunião secretários Ailton Morelli, da Secretaria de Assistência Social (SASC), Orlando Chiqueto, da Secretaria da Fazenda, Rafael Silva, da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), e Luiz Fernando, diretor de Turismo. Além de membros da Câmara de Vereadores, Sebrae, Acim, Codem, UEM, sindicatos, empresas, associações, entre outros./Reportagem/Foto/Andye Iore/Prefeitura de Maringá.

 

Deixe um comentário