Bope tem novo dispositivo para a desativação de explosivos

, , Leave a comment

A Secretaria de Estado da Segurança Pública adquiriu um dispositivo disruptor para desativação de artefatos explosivos por disparo de água e projéteis sólidos. Através de licitação internacional, de modo presencial, todo o processo de compra ocorreu na sede da secretaria em Curitiba.

“A Sesp procura sempre contribuir para a atualização tecnológica e de materiais das polícias e esta aquisição é mais um exemplo. Com isso o Bope terá mais capacidade técnica de atuação em nosso Estado”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

O equipamento, que tinha valor total da licitação de R$ 140,5 mil, foi adquirido por R$ 135.152,56.  Ele será destinado para reforçar as atividades do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Estado do Paraná.

De acordo com o comandante do Esquadrão Antibombas do Bope, capitão Rodrigo Hoinatski, a compra do equipamento tem o objetivo de melhorar a capacidade do esquadrão no atendimento de ocorrências que envolvam incidentes com explosivos. “É uma das ferramentas que temos para atuar nas ocorrências que têm demanda com incidência de explosivos, seja com intenção criminosa ou terrorista. Ele consegue fazer desativação desse material”, disse.

O comandante acrescentou que, como é um equipamento novo, representa mais um avanço tecnológico e, também, alta confiabilidade do material. “Vem a somar, não só para o Esquadrão Antibombas do Bope, para a Polícia Militar, mas para toda a sociedade, que vai ter um atendimento ainda melhor” conclui.

LICITAÇÃO – O edital foi publicado em maio deste ano no site oficial do Governo (www.comprasparana.pr.gov.br) e a empresa Police Service LLC, única participante no certame, foi a vencedora na modalidade presencial.

O prazo para contratação e entrega do equipamento é de até 120 dias.

 

Deixe um comentário