Paraná tem 1.036 diagnósticos confirmados e 34 óbitos por Covid-19

, , Leave a comment

A Secretaria de Estado da Saúde, em informe emitido nesta segunda-feira (24), confirma mais 1.036 diagnósticos positivos de Covid-19 e 34 óbitos pela doença. O Estado soma agora 117.723 casos e 2.973 falecimentos em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS –  O informe relata que 1.015 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 internados. Deste total, 817 estão em leitos SUS (391 em UTI e 426 em leitos enfermaria) e 198 em leitos da rede particular (69 em UTI e 129 em enfermaria).

Há outros 1.057 pacientes internados – 538 em leitos UTI e 519 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – As 34 pessoas que faleceram, estavam internadas. São 13 mulheres e 21 homens, com idades que variam de 37 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 17 e 24 de agosto.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (9), Cascavel (3), Foz do Iguaçu (3), Arapongas (3), Apucarana (2), São José dos Pinhais (2), Telêmaco Borba (2). Foi registrado um óbito em cada um dos municípios de Araucária, Bandeirantes, Enéas Marques, Fazendo Rio Grande, Irati, Jandaia do Sul, Palotina, Reserva, Santa Cecília do Pavão, São Jorge D’Oeste.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 1.281 casos de residentes de fora, sendo que 37 pessoas foram a óbito.

AJUSTES
Alteração de município:

Um caso confirmado no dia 16/08 em Curitiba foi transferido para São José dos Pinhais, e outro confirmado no dia 20/08 em Curitiba foi transferido para Irati.

Um caso confirmado no dia 12/08 em Tuneiras do Oeste foi transferido para Tapejara, e uma confirmação ocorrida no dia 04/08 em Mauá da Serra foi transferido para Arapongas.

Exclusões
Um óbito confirmado no dia 23/08 em Campo Largo (masculino, 77 anos), foi retirado do boletim, após investigação epidemiológica ficou confirmada morte por outras causas.

Confira o informe completo clicando aqui.

 

Deixe um comentário