Prefeitura ampliará acesso à alimentação com 3 refeitórios populares

, , Leave a comment

A implantação de três refeitórios populares no Conjunto Ney Braga, Tuiuti e Honorato Vechi dobrará a oferta de alimentação de qualidade com preço acessível no município.  As três unidades, mais o atual restaurante popular no centro, servirão em média 2 mil refeições diárias. “Uma forma de ampliar os serviços, o atendimento e beneficiar ainda mais o cidadão”, afirma o prefeito de Maringá, Ulisses Maia.
Convênio entre a Prefeitura de Maringá e a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab) prevê investimento de R$ 3.281.838,76, com contrapartida de R$ 333.789,67 do município e R$ 2.948,049 do Governo Estadual. Os locais para instalação de refeitórios foram escolhidos após análises, que consideraram aspectos sociais e econômicos. As obras estão em fase de projeto.
Em 3.448,56 m² do terreno no Honorato Vechi será construída também a Cozinha Central, onde será preparado o alimento e distribuído para os outros refeitórios, incluindo da Avenida Duque de Caxias. A ação atenderá famílias em situação de insegurança alimentar, com atendimento prioritário de trabalhadores, idosos, estudantes, aposentados, desempregados, coletores de material reciclável, ambulantes e moradores em situação de rua.
O restaurante popular, na avenida Duque de Caxias, serve diariamente 1,1 mil refeições, no valor de R$ 3 reais. O cardápio é elaborado por nutricionista, com arroz, feijão, carne, salada ou legume e frutas. O espaço funciona na cidade desde agosto de 2010.
Desde março, o espaço foi fechado para o público, como medida de prevenção ao coronavírus, e oferece alimentação gratuita para pessoas em vulnerabilidade social de entidades cadastradas na Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc). Foram entregues aproximadamente 80 mil marmitas neste período./As informações são da Prefeitura de Maringá/Foto:Thiago Louzada/PMM.
 

Deixe um comentário