UniCesumar doa itens hospitalares à Secretaria de Saúde de Sarandi

, , Leave a comment

A união entre a saúde e a educação tem sido genuinamente necessária para o enfrentando da pandemia de coronavírus. A UniCesumar, como instituição socialmente responsável, tem auxiliado no atendimento às necessidades da comunidade. Desta vez, os esforços se voltaram para a Secretaria de Saúde de Sarandi, que recebeu uma doação de itens hospitalares na quarta-feira (3). na sede da secretaria.

Foram entregues itens como camas e colchões hospitalares, estrutura tubular, cabeceira móvel, mesa de cabeceira, estrutura em chapa de aço, computadores e impressoras, que serão destinadas a hospitais do município. A decisão por realizar a doação ocorreu após a Secretaria de Saúde de Sarandi entrar em contato com a Instituição, solicitando os itens.

De acordo com a secretária de Saúde do município, Aparecida Rodrigues Schwarz, a doação veio em um momento propício: a preparação do ambulatório de atendimento à Covid-19. “Foi um grande achado, pois era justamente o que estava faltando. Algo de uma grande valia. Já os computadores com impressoras, então… Dispensa comentários. A ficha do paciente, quando é jogada no sistema, já conta como atendimento iniciado. Não temos nem palavras para agradecer a UniCesumar”, disse, citando ainda o convênio para a realização de estágios dos cursos de saúde no município.

Para a diretora dos cursos de Saúde da UniCesumar, Solange Lopes, uma boa parceria precisa ser valorosa para ambas as partes. “Temos uma parceria importante com Sarandi nesse sentido. Quando surge uma oportunidade, essa é a função da instituição de ensino, também. Não somente contribuir com recursos humanos, mas, dentro da nossa possibilidade, ajudar o município naquilo que eles precisam”, destacou.

A ajuda da UniCesumar já foi direcionada a vários municípios do estado. Desde a doação de colchões e máscaras ao empréstimo de respiradores, a Instituição contribuiu com o enfrentamento da pandemia de Covid-19 em cidades como Maringá, Londrina, Paranavaí, Marialva, Curitiba e Ponta Grossa./ACS/UniCesumar.

 

Deixe um comentário