Morre o apresentador Gugu Liberato

, , Leave a comment

Foi anunciada, agora há pouco, a morte do apresentador Gugu Liberato, 60 anos, da Record TV. Na última quarta-feira, 20, ele sofreu um acidente doméstico na casa onde residia, em Orlando, nos Estados Unidos. Ele subiu no forro da casa para consertar o aparelho de ar condicionado quando pisou em falso no teto de gesso e caiu de uma altura de quatro metros. Na queda, ele bateu com a cabeça na quina de um móvel da casa. O filho dele, que estava no local no momento, chamou o socorro. Gugu foi encaminhado para a UTI de um hospital da cidade. No início, as informações eram de que ele ficaria 48 horas sob observação. Neste período, os médicos constataram que havia sangramento intracraniano, mas decidiram não fazer nenhuma intervenção cirúrgica. Hoje, no decorrer do dia, os médicos observaram que não havia atividade cerebral, o que caracteriza morte cerebral.

Familiares do apresentador seguiram para Orlando, inclusive a mãe dele, Maria do Céu, 90 anos, já na quinta-feira, 21. Durante todo o dia de hoje, 22, as notícias davam contas de que a família estava muito chocada.

Agora há pouco (aproximadamente 21 horas – horário do Brasil), após anunciar a morte do apresentador, a assessoria de imprensa dele disse que ainda providenciava o traslado do corpo para o Brasil.

Vida

Gugu Liberato nasceu Antônio Augusto Moraes Liberato, em São Paulo, no dia 10 de abril de 1959. Filho de portugueses, Gugu começou na televisão aos 14 anos como assistente de produção do programa Domingo no Parque, apresentado por Sílvio Santos. Atualmente, é considerado um dos mais consagrados apresentadores do Brasil. Em seu currículo, programas como Viva a Noite, Sabadão Sertanejo, Domingo Legal, Gugu, fizeram muito sucesso. Atualmente, ele apresentava o reality show Power Couple Brasil, no lugar de Roberto Justus, que deixou o programa em 2017. Gugu Liberato era casado com a médica Rose Miriam Di Matteo, com quem teve três filhos: João Augusto, de 17 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 15 anos.

 

 

Deixe um comentário