Dom João Mamede Filho assume como Administrador Apostólico da Arquidiocese de Maringá

, , Leave a comment

Nesta sexta-feira (22) Dom João Mamede Filho tomou posse como Administrador Apostólico da Arquidiocese de Maringá, em reunião na Cúria Metropolitana, na presença do Colégio de Consultores.
O Colégio de Consultores é um organismo previsto pelo Direito Canônico, cuja função é auxiliar o bispo no governo da diocese. O atual Colégio de Consultores, nomeado ainda pelo então Arcebispo Dom Anuar Battisti, é composto pelos padres Virgílio Cabral dos Santos (Vigário Geral), Dirceu Alves do Nascimento (Vigário Judicial), Milton Antônio Bossoni, Onildo Luiz Gorla Júnior, Pedro Jorge Delgado Bento e Sidney Fabril.
Na solenidade de posse, foi lido o decreto assinado pelo Cardeal Marc Ouellet, prefeito da Congregação para os Bispos, da Santa Sé, que dá posse a Dom João Mamede.
O texto cita o Diretório para o Ministério Pastoral dos Bispos n. 244: “A Santa Sé pode providenciar ao governo da Diocese com a nomeação de um Administrador Apostólico. Embora lhe sejam concedidos todos os poderes do Bispo diocesano, o regime da Diocese é o da sé vacante, cessando por isso os cargos do Vigário Geral e dos Vigários Episcopais, bem como a função dos Conselhos Presbiteral e Pastoral. O Administrador Apostólico pode, porém, confirmar em forma delegada o Vigário Geral e os Vigários Episcopais, até à tomada de posse da Diocese por parte do novo Bispo, mas não pode prorrogar as funções dos Conselhos, dado que as suas funções são desempenhadas pelo Colégio dos Consultores”.
Durante a primeira reunião de Dom João Mamede Filho com o Colégio de Consultores, o Administrador Apostólico decidiu manter o padre Virgílio Cabral dos Santos como Vigário Geral. Na imagem em destaque, Dom João Mamede Filho com o padre Virgílio Cabral dos Santos (Vigário Geral).

Dom João Mamede Filho assume a como Administrador Apostólico da Arquidiocese de Maringá em solenidade hoje, 22, de manhã.

Na presença do Colégio de Consultores, Dom João Mamede Filho toma posse como Administrador Apostólico.

 

Deixe um comentário